Imaculada B.

Eu faço um balanço desses meses e vem à minha memória o livro de Albert Espinosa, O Mundo Amarelo (se você acredita em Sonhos, eles serão criados). Para quem não sabe, o autor passa por um estágio

vital muito difícil, mas desta forma de introspecção e superação é encontrar-se com pessoas-chave ou "amarelos". São aquelas pessoas que não são amantes nem amigos, Pessoas que atravessam sua vida e que, com uma única conversa, um gesto ou um sorriso, podem mudar sua visão, faça você se sentir mais completo, dê sentido às suas motivações e sua contribuição em seu ambiente cotidiano.

A mesma experiência que tive desde que pude conhecê-lo, começando com o essencialCarmen, Meredith y Lara, para cada parceiro (vá equipazo o que somos !!!!) e cada palestrante dos seminários (não posso deixar de mencionar Fernando Notaro, "Amarelo" recorrente por alguns anos) e Paloma Barreda, meu guia e referindo-se a cada passo.

Eu tive a imensa fortuna de conhecer você, de ser capaz de me mostrar como sou, de poder ação

Com você a busca e o encontro de uma nova oportunidade profissional, além de celebrar. O que mais se pode pedir?

No meu caso, quero oferecer a minha gratidão, apoio e colaboração a todos os meus colegas e, claro, à equipa da Lukkap, neste trabalho construtivo e enriquecedor.

Eu só espero que muitos dos meus compis você pode perceber que a energia positiva e a relevância que esse estágio pode ter a partir de hoje!!! Meu testemunho é que você pode ficar ainda mais feliz e mostrar o talento que tem dentro!

Desejo muitos sucessos e muitos brindes em equipe. Eu sempre terei você presente !!!

Inma B. posando sorrindo com a equipe do lukkap
Compartilhar: